Arquivo mensais:novembro 2015

noticia site

Feirão Recupere seu Crédito começa nesta quarta-feira

Faltam poucos dias para a 5ª edição do Feirão Recupere seu Crédito, que oferecerá descontos e condições especiais para o consumidor quitar dívidas atrasadas e terminar o ano com o nome limpo. O evento será realizado de quarta-feira a domingo (02 a 06/12), na Fábrica de Ideias (antiga Fábrica 747), em Jucutuquara, Vitória. A expectativa é que cerca de 5 mil pessoas sejam atendidas por dia.

Organizado pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica, o feirão vai reunir 26 empresas e instituições, entre elas: Agoracred, Avon/Fast, Banestes, Cesan, Casas Bahia, Casas Santa Terezinha, Cartão Avista, Dacasa Financeira, EDP (distribuidora de energia elétrica do Estado), Itapuã e Lojas Mercadão.

As organizações vão oferecer condições especiais, como perdão de juros e multas e descontos sobre o valor principal da dívida.

“O consumidor terá a oportunidade de negociar diretamente com o seu credor, o que aumenta as chances de um acordo mais satisfatório para ambas as partes. Cada empresa vai oferecer uma proposta individualizada, com o objetivo de facilitar a conversa e proporcionar um bom resultado ao final do acordo”, afirmou o presidente da CDL Vitória, Carlo Fornazier.

Segundo o gerente operacional da entidade, Geraldo Calenzani, a novidade deste ano é que o feirão será realizado até domingo. “Nas edições anteriores, o atendimento era feito de terça-feira a sábado, mas como muitas pessoas também trabalham aos sábados, neste ano vamos iniciar o evento na quarta-feira e estender até domingo, para facilitar a vida dos consumidores”, explicou.

Cadastro Positivo

No Feirão Recupere seu Crédito, os consumidores também poderão abrir seu Cadastro Positivo no estande da CDL Vitória. Ao contrário do cadastro de registro negativo, no qual o cliente tem seu nome inscrito no rol de consumidores que atrasam as contas, o Cadastro Positivo foi criado para que a pessoa física ou jurídica possa ser avaliada pelo seu bom histórico de pagamentos.
O cadastro e a permanência do cidadão na lista de bons pagadores são totalmente gratuitos. O procedimento é simples e rápido: basta que a pessoa apresente um documento pessoal, como Carteira de Identidade ou CPF, e preencha um termo específico.

O gerente operacional da CDL Vitória, Geraldo Calenzani, destacou que o Cadastro Positivo pode facilitar a vida do consumidor no momento da aquisição de um empréstimo ou financiamento, já que essas informações poderão ser utilizadas pelo mercado como ferramenta para análise e reconhecimento do bom pagador.

“Com as informações do Cadastro Positivo, as financeiras, os bancos, as lojas e demais estabelecimentos comerciais contarão com mais dados para conceder o crédito ou realizar a venda a prazo, podendo praticar melhores condições comerciais”, disse.

Mesmo autorizando a inclusão no cadastro, o consumidor pode pedir a exclusão do seu nome da lista a qualquer momento.

Minipalestras

Os consumidores ainda terão a oportunidade de assistir a minipalestras sobre planejamento financeiro familiar e controle de gastos.

“Vamos dar algumas dicas e orientar as pessoas para evitar que elas fiquem inadimplentes novamente. Mostraremos, por exemplo, como é importante envolver os filhos nesse planejamento”, informou a coordenadora de cobrança da Dacasa, Sara Rodrigues.

SERVIÇO

Feirão Recupere seu Crédito
Data: de quarta-feira a domingo (02 a 06/12)
Horário: de quarta-feira a sábado (02 a 05/12), das 10 às 19 horas, e no domingo (06/12), das 9 às 13 horas
Local: Fábrica de Ideias da Prefeitura Municipal de Vitória
Endereço: Av. Vitória, s/nº, Jucutuquara (antiga Fábrica 747)

Empresas e instituições participantes

Agoracred

Abraspes

AR2 Capixabão

Avon/Fast

Banestes

Casas Santa Terezinha

Cartão Avista

Casas Bahia

Cesan

CDL Vitória

Colégio São Gonçalo

Colégio França Junior

Dacasa Financeira

Dental Map Dents

EDP

ELO Joias

Escola Siena

Itapuã

Lojas Primo

Lojas Mercadão

Óticas Diniz

Ótica Sonótica

Reny Joias

Tupperware

Viminas Vidros Especiais

Via Tecnologia

Entenda como vai funcionar o feirão

– Ao chegar à Fábrica de Ideias, o consumidor deverá se dirigir ao balcão das CDLs portando CPF, Carteira de Identidade ou outro documento de identificação original com foto, para se informar sobre os seus débitos. Nesse local, ele vai retirar uma senha.

– Durante a espera, as pessoas ficarão sentadas e poderão acompanhar a chamada das senhas por meio de televisões.

– Depois, elas deverão se deslocar até o estande da empresa ou instituição credora para buscar a renegociação.

– No balcão do Cadastro Positivo, os consumidores poderão incluir o nome na lista de bons pagadores.

– Na sala de educação financeira, serão ministradas minipalestras de planejamento financeiro familiar.

As condições oferecidas pelas empresas

AGORACRED – O consumidor terá até 100% de desconto nos juros de atraso e na multa. Nas dívidas com atraso superior a 360 dias, o cliente poderá receber até 60% de desconto na parcela principal para quitação do débito. O cliente poderá parcelar a sua dívida com uma entrada mais 11 parcelas.

BANESTES – O Banestes estará com 10 guichês no feirão. Poderão ser atendidas pessoas que têm dívidas referentes a vários produtos do banco, como cheque especial, cartões de crédito, financiamento de bens, crédito pessoal e Conta Garantida, entre outros. O consumidor poderá obter descontos sobre o valor da dívida, de até 100% de multas e juros de mora, além de alongamento do prazo da dívida. Cada caso será analisado individualmente.

CDL VITÓRIA – As seguintes empresas serão representadas pela CDL Vitória: Lojas Primo, Reny Joias, AR2 Capixabão, Abraspes, Colégio São Gonçalo, Óticas Diniz, Itapuã, ELO Joias, Colégio França Junior, Escola Siena, Tupperware, Via Tecnologia, Dental Map Dents, Ótica Sonótica, Viminas Vidros Especiais e Lojas Mercadão. Elas vão oferecer perdão de juros e multas e os débitos poderão ser parcelados em até cinco vezes, com parcela mínima de R$ 100,00.

CASAS SANTA TEREZINHA – Oferecerá desconto de até 90% nos juros, parcelamento em até 10 vezes, parcelamento da dívida no cartão de crédito e vencimento flexível (melhor data de vencimento da renegociação).

CARTÃO AVISTA – Todos os casos serão analisados individualmente, para que, em conjunto, seja possível chegar a um acordo que caiba no bolso do cliente. Haverá descontos diferenciados para pagamento à vista e parcelamento, com a isenção de praticamente 100% dos juros cobrados pelo atraso.

CASAS BAHIA – A empresa fará propostas individuais para cada consumidor e oferecerá descontos sobre o valor total da dívida, que poderão chegar a 90% para pagamento à vista. O consumidor também poderá parcelar a sua dívida em até 15 vezes sem juros.

CESAN – A Cesan ainda não divulgou qual será a sua política de negociação.

DACASA FINANCEIRA – A instituição vai oferecer condições especiais para pagamentos à vista e parcelados, de acordo com o perfil de atraso do cliente. Dependendo do caso, haverá descontos especiais, com perdão de até 100% dos juros.

EDP – Os clientes contarão com a oportunidade de uma negociação personalizada, com condições especiais de pagamento, juros reduzidos do parcelamento e um prazo ampliado para o acerto dos valores devidos.

27 DE NOVEMBRO

17 direitos que comerciantes e consumidores têm e não sabem

Durante as movimentadas compras de fim de ano, muitas confusões podem acontecer no período. As lojas costumam receber mais consumidores que o habitual e para conseguir limpar seus estoques, oferecem descontos e promoções aos consumidores.

Mas especialmente nesses períodos em que o varejo tem movimentação acima do normal, é importante que ficar atento para não ter os seus direitos violados, seja você consumidor ou fornecedor.

Segundo o advogado especialista em direitos do consumidor e dor fornecedor, Dori Boucault, é nessa época que tanto varejistas quanto consumidores precisam de atenção redobrada nas compras. “Os lojistas estão animados durante esse período, pois o volume de vendas costuma subir. Mas isso não anula os direitos dos consumidores”, comenta Dori.

Para orientar consumidores a realizarem compras tranquilas e comerciantes a venderem sem estresse no fim de ano, Dori lista a seguir 18 direitos que, muitas vezes, nenhum dos dois lados conhece.

1 – Prazo de arrependimento de sete dias: o prazo para arrependimento da compra é válido para compras feitas fora do estabelecimento comercial, ou seja, via telefone ou internet. “O chamado ‘prazo de reflexão’ vale para os consumidores que compram via internet. O consumidor pode devolver sem nenhuma justificativa o produto comprado e ter o dinheiro de volta”, orienta o advogado.

2 – Direito a troca de produtos com defeito mesmo em promoções: alguns estabelecimentos fixam que não aceitam trocas de produtos que estão em promoção ou liquidação. Segundo o advogado, o consumidor tem o direito de trocar produtos quando estes apresentam qualquer defeito ou vício. O consumidor só precisa ficar atento às datas, pois ele tem 30 dias para registrar uma reclamação quando se trata de produtos duráveis e 90 para os não duráveis.

3 – Proteção contra propaganda enganosa: a publicidade enganosa é considerada abusiva e proibida. Se o consumidor comprou um produto que não corresponde ao que foi vendido no anúncio, ele pode reclamar. “Nesses casos o consumidor pode exigir o que foi prometido e caso seu pedido não seja atendido, ele pode cancelar a compra e receber o dinheiro de volta”, explica o advogado.

4 – Direito a pagar com cartão em qualquer valor: a loja não pode exigir um valor mínimo para os pagamentos em cartões, pois, se ela aceitar pagamento nesta forma, deve aceitar em qualquer valor. Além disso, o lojista não pode cobrar mais de quem compra com cartão de crédito. Essa prática é considerada abusiva.

5 – Direito à informação correta dos produtos: o consumidor deve saber quanto está pagando por um produto ou serviço. Segundo o advogado Dori Boucault, os comerciantes devem informar as características, qualidades, tributos e taxas incidentes e riscos que o produto pode apresentar ao consumidor.

6 – Amostra de produtos lacrados: o consumidor que compra produtos lacrados tem direito a ter uma amostra do produto, pois ele deve saber o que está comprando.

7 – Reclamações não atendidas no prazo de 30 dias: após constatar o vício ou defeito do produto, o fornecedor tem 30 dias para solucionar o problema do consumidor. Caso ultrapasse esse prazo, o consumidor tem direito a troca do produto, devolução do valor pago ou desconto no preço proporcional ao defeito.

8 – Reparação de falha em vício oculto até o fim da vida útil do produto: quando se trata dos vícios ocultos, ou os de difícil identificação, o consumidor tem direito ao reparo até o fim da vida útil do produto, e não até o fim do prazo de garantia. “Se for constatado que o comerciante sabia do vício, ele deve reparar o consumidor pelo dano”, explica Dori.

9 – Acesso ao código de defesa do consumidor na loja: o consumidor deve ter acesso a uma cópia do CDC para consulta no estabelecimento comercial.

10 – Comerciantes podem recusar a troca de um produto: o comerciante tem o direito a recusar a troca do produto quando este não apresenta nenhum defeito. Segundo o advogado, essa situação ocorre, muitas vezes, quando o consumidor compra um presente e precisa trocá-lo depois. “Se o consumidor não avisou que o produto é um presente para outra pessoa, o consumidor não é obrigado a trocar. O recomendado é sempre avisar antes e negociar com o fornecedor”, explica Dori.

11 – Comerciantes podem recusar troca em caso de mau uso: o comerciante tem o direito de recusar a troca ou o cancelamento da venda quando o produto ou serviço apresenta algum defeito decorrente de mau uso. “Se o produto não se apresenta impróprio ao uso ou consumo e é constatado o uso indevido, ele pode reusar a troca”, explica Dori.

12 – Direito de 30 dias para trocar, consertar ou corrigir o produto: diferente do que muitos acreditam, o comerciante não é obrigado a resolver no mesmo instante o problema apresentado pelo consumidor. “O fornecedor tem até 30 dias para trocar ou corrigir o produto, não precisa resolver na hora”, explica Dori.

13 – O lojista não é obrigado a fazer o mesmo preço de um produto exposto ao lado de outro: se um produto está exposto sem preço ao lado de um que tem o preço indicado, o fornecedor não é obrigado a vender os dois pelo mesmo preço. “Isso nós chamamos de lateralidade. Por mais que o produto seja apresentado sem preço ao lado de outro que contém a etiqueta com o valor, o comerciante não é obrigado a vender os dois pelo mesmo preço. No entanto, o comerciante pode até ser multado por não indicar o preço”, salienta.

14 – Solicitar documento de identificação na hora da compra: muitos consumidores se sentem ofendidos quando um comerciante solicita a identidade para finalizar a compra. No entanto, o estabelecimento tem o direito de solicitar o documento em compras feitas no cartão de crédito ou débito para evitar fraudes.

15 – Obrigação de receber aparelho com defeito: o estabelecimento comercial só é obrigado a receber um aparelho com defeito quando não existir assistência técnica do produto no município. “Segundo uma resolução do STJ, o consumidor deve se dirigir primeiro à assistência. Se não existir em seu município, ele pode trocar na loja em que comprou”, observa Dori Boucault.

16 – Troca de produtos em promoção de valor equivalente: se um produto comprado em preço promocional apresentar algum defeito, o consumidor não pode trocá-lo pelo valor fora da promoção. Nesse caso, a troca só será feita no valor que foi recebido pelo comerciante.

17 – Aceitar pagamento em cheque: o fornecedor não é obrigado a aceitar cheque como forma de pagamento. No entanto, se ele não aceitar, deve informar de maneira clara ao consumidor no estabelecimento.

Fonte: Site Varejista – Dr. Dori Boucault é advogado especialista em direitos do consumidor e do fornecedor.

26 DE NOVEMBRO

Vontade dos filhos influencia cinco em cada dez pais na hora de comprar presentes de Natal

Mesmo com a crise impedindo os brasileiros de gastarem mais neste Natal, muitos consumidores já fazem as contas para garantir os presentes das crianças, que passam boa parte do ano prometendo um bom comportamento para serem recompensadas na data.

Um estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revelou que na maior parte dos casos a escolha do presente de Natal para as crianças é feita exclusivamente pelos pais (48,1%).

Não se pode, contudo, minimizar a influência dos filhos no processo decisório. Em 48,5% dos casos eles participam de alguma maneira na escolha do presente que vai ganhar: 38,6% dos pais entrevistados disseram que a decisão é feita em conjunto entre os filhos e eles e outros 9,9% confessaram que é a criança quem decide sozinha o presente que irá ganhar na data.

O educador financeiro do portal “Meu Bolso Feliz”, José Vignoli, reconhece que para os pais não é tarefa simples escolher o que comprar para dar aos filhos. “Seja no Natal ou em outra data comemorativa, como aniversário e Dia das Crianças, é importante ouvir os desejos dos filhos, mas não se deve extrapolar os próprios limites financeiros para evitar as frustrações dos pequenos”, diz o educador.

“O ‘não’ como resposta precisa ser assimilado pelos filhos como algo natural na educação dentro de casa”, diz Vignoli.

Ele explica que o pai ou a mãe que satisfaz todas as vontades das crianças, camuflando a realidade financeira da família, acaba desenvolvendo filhos sem limites, que vão acumular ao longo da vida diversas frustrações para lidar com situações negativas, inclusive na relação com o dinheiro.

“Os pais que falam de maneira transparente e dão bons exemplos, conseguem criar adultos preparados financeiramente e que conseguem lidar bem com as dificuldades impostas pela vida”, explica o educador.

Pais deixam de pagar contas

Sem controlar seus gastos, alguns pais correm o risco de terminar o ano no devendo. A pesquisa indica que 4,6% dos entrevistados admitem que vão deixar de pagar alguma conta para atender ao desejo dos filhos neste Natal, sendo que as despesas mais afetadas serão as básicas, como água, luz e telefone (2,3%).

Os especialistas do SPC Brasil recomendam que os pais dialoguem de maneira franca com os filhos, deixando claro que é preciso estabelecer um limite, pois a família tem inúmeras prioridades a cumprir, além das compras de Natal.

Fonte: CNDL

noticia site

Vem aí o Feirão Recupere seu Crédito 2015

FEIRÃO RECUPERE SEU CRÉDITO 2015

De 02 a 06 dezembro de 2015

Quarta-feira a sábado – 10 às 19h  |  Domingo – 09 às 13h

FÁBRICA DE IDEIAS: Av. Vitória, s/n, Jucutuquara, Vitória – ES (antiga fábrica 747)

Horários de funcionamento: 4ª a sábado das 10h às 19h e domingo das 09h às 13h

Estrutura no local: espaço com estrutura de guichês montados para atendimento ao público.

A ação vai funcionar da seguinte forma: no balcão das CDLs, o consumidor irá se informar de seus débitos. Receberá uma senha para, em seguida, se deslocar até o estande da empresa credora e buscar a renegociação. Para isso, ele tem de estar portando documentos de identificação, como carteira de identidade e Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

Estande Educação Financeira: serão ministradas palestras, pela manhã e à tarde. Entre os temas: como economizar e estar sempre no azul; as melhores formas para sanar as dívidas; e como usar o cartão de crédito para compras parceladas.

Cadastro Positivo: para facilitar a vida de quem deseja incluir o nome no Cadastro Positivo e, assim, ser visto pelas empresas como bom pagador, ganhando descontos e até redução de juros em compras futuras, a CDL Vitória estará, em seu estande, com uma equipe especializada para realizar o cadastramento e tirar dúvidas sobre esse novo banco de dados.

É preciso, para fazer parte do Cadastro Positivo, autorizar a inclusão mediante o preenchimento de um termo específico. Esse procedimento é simples, rápido, gratuito e basta que o consumidor esteja portando documentos pessoais.

Confira as empresas participantes:

Abraspes
Agoracred
AR 2 Capixabão
ASES
Avon / Fast
Banestes
Calçados Itapuã
Cartão Avista
Casas Bahia
Casas Santa Terezinha
CDL Vitória
Cesan
Colégio França Júnior
Colégio São Gonçalo
Dacasa Financeira
Dental Map Dents
EDP
ELO Jóias
Escola Siena
Lojas Mercadão
Lojas Primo
Mercadão Moda Infantil
Ótica Sonótica
Óticas Diniz
Reny Jóias
Tupperware
Via Tecnologia
Viminas Vidros Especiais

Mais informações: (27) 3200-2180

24 DE NOVEMBRO

CDLs da Grande Vitória sorteiam dezenas de prêmios durante campanha de Natal

Os consumidores da Grande Vitória podem concorrer a dezenas de prêmios neste Natal. É só participar da campanha “Natal Premiado”, realizada pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Guarapari. A ação, válida até o dia 28 de dezembro, é promovida em parceria com a Rede Gazeta, com patrocínio dos Cartões Dacasa e apoio das Prefeituras de Vitória, Cariacica e Serra.

Serão sorteados cinco caminhões de prêmios (no valor de R$ 15 mil cada) e uma carreta de prêmios (no valor de R$ 25 mil). O valor total em premiações é de R$ 100 mil.

Os veículos vêm recheados de eletrodomésticos, como televisão, geladeira, fogão e máquina de lavar, entre muitos outros itens. Cada caminhão tem 35 prêmios e a carreta, 56 prêmios.

Para participar, basta o consumidor fazer um cadastro prévio no hotsite da campanha, por meio dos sites das CDLs de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica ou Guarapari. A partir daí, sempre que o cliente fizer compras nas lojas participantes da promoção, a cada R$ 50,00 gastos, ele terá direito a um cupom para concorrer aos prêmios. Quem fizer o pagamento com Cartões Dacasa, vai ganhar cupons em dobro.

Uma inovação neste ano é que o consumidor não tem de preencher nenhum cupom. Um sistema faz a leitura dos dados do cliente e os cupons são impressos diretamente nas urnas instaladas nas CDLs participantes. É tudo feito eletronicamente.

Outra novidade é que, se a pessoa fizer uma compra de menos de R$ 50,00, esse saldo ficará registrado no sistema da loja. Quando o consumidor comprar novamente nesse mesmo estabelecimento, ele poderá completar o valor para ganhar o cupom.

O cliente também tem a possibilidade de fazer a compra primeiro e depois efetuar o cadastro on-line.

“É uma grande facilidade o consumidor não ter de preencher cupons, pois, muitas vezes, devido à pressa, as pessoas levam os cupons para casa, não preenchem os dados e perdem a oportunidade de participar de sorteios. Com o software que utilizamos, é tudo feito de forma eletrônica. Já temos cerca de 400 lojas participando da campanha em toda a Grande Vitória e a expectativa é chegar a 600”, destacou o presidente da CDL Vitória, Carlo Fornazier.

Confira as datas dos sorteios

Caminhões de prêmios
1° sorteio: 04/12, na CDL de Cariacica
2° sorteio: 11/12, no Shopping Guarapari
3° sorteio: 18/12, na CDL da Serra
4° sorteio: 28/12, na CDL de Vila Velha
5° sorteio: 30/12, na CDL de Vitória

Carreta de prêmios
Dia 30/12, na CDL de Vitória

Obs.: os caminhões e a carreta não estão incluídos na premiação.

20 DE NOVEMBRO

Dicas de comercialização, apresentação pessoal e melhoria de loja

A Fundação CDL e a CDL Vitória oferecem curso gratuito com o tema “Dicas de comercialização, apresentação pessoal e melhoria de loja”, nos dias 23 e 24 de novembro, das 18 às 22 horas, no Sindimicro, em Fradinhos.

O objetivo é mostrar aos empreendedores como as apresentações do produto, pessoal e da loja fazem toda a diferença no processo mercadológico de conquista do cliente e para o sucesso da venda.

Confira o conteúdo programático: o poder da boa apresentação; dicas práticas de apresentação do produto, apresentação pessoal e apresentação da loja; e introdução às técnicas de comercialização.

As inscrições podem ser feitas pelos e-mails: cursos@fundacaocdlvitoria.com.br e cursos.sindimicro@gmail.com.

Aproveite essa oportunidade!

19 DE NOVEMBRO

Como salvar o Natal?

Como salvar o Natal?

O atual cenário econômico do país tem pressionado a grande maioria dos varejistas brasileiros, que vêm sofrendo para manter os resultados ao menos iguais aos anos anteriores.

Analistas apontam para um Natal muito difícil, possivelmente o de menor consumo dos últimos anos – levado para baixo pelo crescente desemprego e pela insegurança do consumidor.

Esses são os dados da equação e, com base neles, temos dois caminhos a seguir – jogar a toalha e entrar em desespero, ou trabalhar mais e melhor. Se você prefere estar no segundo grupo, este texto é para você.

O Natal é a principal data do varejo brasileiro. Para alguns setores, pode representar mais de 20% do faturamento anual. Há lojistas que estão mantendo operações deficitárias abertas, apenas para aproveitar essa importante data.

Abaixo trazemos uma lista de cinco fundamentais pontos para fazer um Natal de sucesso, mesmo em tempos de adversidade:

Estude bem seu mix – é bastante provável que consumidores não deixem de consumir presentes, mas potencialmente reduzirão a verba para tal. Operações que entenderem essa necessidade e desenvolverem soluções de presente com baixo preço e alto valor percebido ocuparão mais espaço no bolso dos clientes. Marcas menos tradicionais, mas com preços competitivos, linhas alternativas, embalagens menores e soluções acessíveis farão bastante sucesso nas vitrines e prateleiras este ano.

Acerte no planejamento de compra – o entendimento do ponto anterior é o primeiro passo para o acerto na gestão de estoque – ter produto a ponto de não perder venda e nem sobrar em demasia. Possivelmente muitos empresários reduziram muito suas compras com medo do Natal e aqueles que fizerem as contas certas terão produto para atender o consumidor. Pense em planejamento pautado em abertura de compra (OTB) por categoria de produto, considerando a migração para um preço médio menor.

Treine, motive e acompanhe o time – não há espaço para perder vendas. Um time focado, treinado e motivado tem potencial de reverter uma crise. Treine a equipe no processo de atendimento, na agilidade do fluxo operacional, no conhecimento de produto, na venda de itens adicionais e complementares. Uma ação de motivação, com uma gincana de vendas, somada a feedback diário de acompanhamento, podem elevar sua performance consideravelmente.

Apresente uma loja encantadora – pense em uma noiva preparada para o mais importante dia da sua vida. Assim deverá estar a sua loja nesse Natal. Não há espaço para erros. Vitrine, exposição de produto, iluminação, sinalização de produto, precificação, cross merchandising e estímulos sensoriais precisam estar harmoniosamente casados e exemplarmente executados para trazer o “UAU!” do consumidor e fazê-lo esquecer esse momento econômico chato.

Trabalhe bem as condições de pagamento – seu cliente está preocupado com as contas de janeiro, mas quer ainda presentear as pessoas que o cercam neste Natal. Oferecer condições inteligentes de pagamento – que podem até ser fonte de receita adicional para varejistas capitalizados – será uma boa alternativa para incrementar o tíquete médio, se diferenciar da concorrência e crescer, mesmo nadando contra a maré.

Prepare-se, pois o Natal não será fácil. Muitos desistirão no meio do caminho, mas aqueles que fizerem a lição de casa podem se surpreender positivamente com os resultados.

Pense nisso e boas vendas!

Fonte: Artigo Daniel Zanco

18 DE NOVEMBRO

Feirão Recupere seu Crédito começa no próximo dia 2

Vem aí a 5ª edição do Feirão Recupere seu Crédito, que oferecerá descontos e condições especiais para o consumidor quitar dívidas atrasadas e terminar o ano com o nome limpo. O evento será realizado de 2 a 6 de dezembro, na Fábrica de Ideias (antiga Fábrica 747), em Jucutuquara, Vitória. A expectativa é que cerca de 5 mil pessoas sejam atendidas por dia.

Organizado pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica, o feirão vai reunir 26 empresas e instituições, entre elas: Agoracred, Avon/Fast, Banestes, Cesan, Casas Bahia, Casas Santa Terezinha, Cartão Avista, Dacasa Financeira, EDP (distribuidora de energia elétrica do Estado), Itapuã e Lojas Mercadão.

As organizações vão oferecer condições especiais, como perdão de juros e multas e descontos sobre o valor principal da dívida.

“O consumidor terá a oportunidade de negociar diretamente com o seu credor, o que aumenta as chances de um acordo mais satisfatório para ambas as partes. Cada empresa vai oferecer uma proposta individualizada, com o objetivo de facilitar a conversa e proporcionar um bom resultado ao final do acordo”, afirmou o presidente da CDL Vitória, Carlo Fornazier.

Segundo o gerente operacional da entidade, Geraldo Calenzani, a novidade deste ano é que o feirão será realizado até domingo. “Nas edições anteriores, o atendimento era feito de terça-feira a sábado, mas como muitas pessoas também trabalham aos sábados, neste ano vamos iniciar o evento na quarta-feira e estender até domingo, para facilitar a vida dos consumidores”, explicou.

Cadastro Positivo

No Feirão Recupere seu Crédito, os consumidores também poderão abrir seu Cadastro Positivo no estande da CDL Vitória. Ao contrário do cadastro de registro negativo, no qual o cliente tem seu nome inscrito no rol de consumidores que atrasam as contas, o Cadastro Positivo foi criado para que a pessoa física ou jurídica possa ser avaliada pelo seu bom histórico de pagamentos.

O cadastro e a permanência do cidadão na lista de bons pagadores são totalmente gratuitos. O procedimento é simples e rápido: basta que a pessoa apresente um documento pessoal, como Carteira de Identidade ou CPF, e preencha um termo específico.

O gerente operacional da CDL Vitória, Geraldo Calenzani, destacou que o Cadastro Positivo pode facilitar a vida do consumidor no momento da aquisição de um empréstimo ou financiamento, já que essas informações poderão ser utilizadas pelo mercado como ferramenta para análise e reconhecimento do bom pagador.

“Com as informações do Cadastro Positivo, as financeiras, os bancos, as lojas e demais estabelecimentos comerciais contarão com mais dados para conceder o crédito ou realizar a venda a prazo, podendo praticar melhores condições comerciais”, disse.

Mesmo autorizando a inclusão no cadastro, o consumidor pode pedir a exclusão do seu nome da lista a qualquer momento.

Minipalestras

Os consumidores ainda terão a oportunidade de assistir a minipalestras sobre planejamento financeiro familiar e controle de gastos.

“Vamos dar algumas dicas e orientar as pessoas para evitar que elas fiquem inadimplentes novamente. Mostraremos, por exemplo, como é importante envolver os filhos nesse planejamento”, informou a coordenadora de cobrança da Dacasa, Sara Rodrigues.

Dados de inadimplência no Estado

– Até o último mês de outubro, havia 567.492 pessoas inadimplentes no banco de dados do SPC no Estado.

– No Espírito Santo, o número de inadimplentes cresceu 9,13% em outubro de 2015, em relação a outubro de 2014. Já o número de dívidas em atraso cresceu 10,39% no mês passado, se comparado a outubro de 2014.

SERVIÇO

Feirão Recupere seu Crédito

Data: de 2 a 6 de dezembro

Horário: de 2 a 5/12, das 10 às 19 horas, e no dia 06/12, das 9 às 13 horas

Local: Fábrica de Ideias da Prefeitura Municipal de Vitória

Endereço: Av. Vitória, s/nº, Jucutuquara (antiga Fábrica 747)

Empresas e instituições participantes

Agoracred

Abraspes

AR2 Capixabão

Avon/Fast

Banestes

Casas Santa Terezinha

Cartão Avista

Casas Bahia

Cesan

CDL Vitória

Colégio São Gonçalo

Colégio França Junior

Dacasa Financeira

Dental Map Dents

EDP

ELO Joias

Escola Siena

Itapuã

Lojas Primo

Lojas Mercadão

Óticas Diniz

Ótica Sonótica

Reny Joias

Tupperware

Viminas Vidros Especiais

Via Tecnologia

Entenda como vai funcionar o feirão

– Ao chegar à Fábrica de Ideias, o consumidor deverá se dirigir ao balcão das CDLs portando CPF, Carteira de Identidade ou outro documento de identificação original com foto, para se informar sobre os seus débitos. Nesse local, ele vai retirar uma senha.

– Durante a espera, as pessoas ficarão sentadas e poderão acompanhar a chamada das senhas por meio de televisões.

– Depois, elas deverão se deslocar até o estande da empresa ou instituição credora para buscar a renegociação.

– No balcão do Cadastro Positivo, os consumidores poderão incluir o nome na lista de bons pagadores.

– Na sala de educação financeira, serão ministradas minipalestras de planejamento financeiro familiar.

As condições oferecidas pelas empresas

AGORACRED – O consumidor terá até 100% de desconto nos juros de atraso e na multa. Nas dívidas com atraso superior a 360 dias, o cliente poderá receber até 60% de desconto na parcela principal para quitação do débito. O cliente poderá parcelar a sua dívida com uma entrada mais 11 parcelas.

BANESTES – O Banestes estará com 10 guichês no feirão. Poderão ser atendidas pessoas que possuem dívidas referentes a vários produtos do banco, como cheque especial, cartões de crédito, financiamento de bens, crédito pessoal, crédito rural e Conta Garantida, entre outros. O consumidor poderá obter descontos sobre o valor da dívida, de até 100% de multas e juros de mora, além de alongamento do prazo da dívida. Cada caso será analisado individualmente.

CDL VITÓRIA – As seguintes empresas serão representadas pela CDL Vitória: Lojas Primo, Reny Joias, AR2 Capixabão, Abraspes, Colégio São Gonçalo, Óticas Diniz, Itapuã, ELO Joias, Colégio França Junior, Escola Siena, Tupperware, Via Tecnologia, Dental Map Dents, Ótica Sonótica, Viminas Vidros Especiais e Lojas Mercadão. Elas vão oferecer perdão de juros e multas e os débitos poderão ser parcelados em até cinco vezes, com parcela mínima de R$ 100,00.

CASAS SANTA TEREZINHA – Oferecerá desconto de até 90% nos juros, parcelamento em até 10 vezes, parcelamento da dívida no cartão de crédito e vencimento flexível (melhor data de vencimento da renegociação).

CARTÃO AVISTA – Todos os casos serão analisados individualmente, para que, em conjunto, seja possível chegar a um acordo que caiba no bolso do cliente. Haverá descontos diferenciados para pagamento à vista e parcelamento, com a isenção de praticamente 100% dos juros cobrados pelo atraso.

CASAS BAHIA – A empresa fará propostas individuais para cada consumidor e oferecerá descontos sobre o valor total da dívida, que poderão chegar a 90% para pagamento à vista. O consumidor também poderá parcelar a sua dívida em até 15 vezes sem juros.

CESAN – A Cesan ainda não divulgou qual será a sua política de negociação.

DACASA FINANCEIRA – A instituição vai oferecer condições especiais para pagamentos à vista e parcelados, de acordo com o perfil de atraso do cliente. Dependendo do caso, haverá descontos especiais, com perdão de até 100% dos juros.

EDP – Os clientes contarão com a oportunidade de uma negociação personalizada, com condições especiais de pagamento, juros reduzidos do parcelamento e um prazo ampliado para o acerto dos valores devidos.

16 DE NOVEMBRO

“O Natal será extremamente desafiador”, afirma especialista em varejo

“O Natal será extremamente desafiador, possivelmente o de menor consumo dos últimos anos”. A afirmação é do empresário paulista Daniel Zanco, que já foi apontado como uma das 30 cabeças mais influentes do varejo brasileiro. Na próxima quarta-feira, dia 18 de novembro, ele participa da 6ª Manhã Empreendedora da CDL Jovem Vitória, no Hotel Comfort Suites, na Praia do Canto.

Zanco apresentará a palestra “Crescimento e resultados – Agora é comigo!”, para cerca de 180 convidados. O evento faz parte da Semana Global do Empreendedorismo.

Segundo o especialista, diante do crescente desemprego e da insegurança em relação à situação econômica e política do Brasil, os consumidores devem migrar seu padrão de consumo para itens de menor preço médio.

“Os empresários têm dois caminhos a seguir: jogar a toalha e entrar em desespero ou trabalhar mais e melhor. Antes de reclamar do cenário econômico, os lojistas devem olhar para dentro dos seus negócios. Não adianta dar ouvidos ao clima derrotista. O caminho é trabalhar ainda mais para obter resultados. Antes, a situação do país nos impulsionava à frente. Neste momento, temos de andar com nossas próprias pernas e fortalecer os diferenciais de nossas operações”, disse Zanco.

Importância da gestão

Ele acredita que há muitas oportunidades para o empresário potencializar seus negócios, desde que desempenhe bem o seu papel de gestor, que contempla três frentes: pessoas, vendas e financeiro.

Para Zanco, 2016 ainda será um ano de muitos desafios econômicos, com operações fechando e crescimento do desemprego. Por outro lado, pontos comerciais estarão mais baratos, aluguéis podem cair e mais pessoas estarão disponíveis para trabalhar. “Quem fizer a lição de casa e exercer bem o seu papel de gestor, poderá ter muito sucesso, mesmo nesse ambiente”.

O presidente da CDL Jovem Vitória, Bruno Mazzei, destacou que o especialista vai trazer lições importantes para os jovens empreendedores. “É uma boa chance para trocarmos experiências. As crises são passageiras e temos de aprender a transformá-las em oportunidades. Muitos projetos bem-sucedidos são iniciados em momentos de turbulência econômica”, afirmou.

Mais sobre o palestrante

Daniel Zanco é administrador de empresas, sócio fundador da Universo Varejo, empresa de tecnologia e consultoria para o setor. Atuou como executivo de varejo e franchising em grandes empresas, como Hering, TNG, Arezzo, Portobello Shop e Shoestock.