Notícias

11 de junho de 2018

Fique esperto: conheça as principais fraudes de identidade e evite prejuízos em seu bolso!

Você sabia que, ao perder seu documento de identidade, CPF ou cartão de crédito, você pode ficar vulnerável aos golpes financeiros chamados de fraudes de identidade? O mesmo pode ocorrer se você digitar seus dados pessoais em sites inseguros. Criminosos podem usar esses dados para abrir contas, fazer compras ou ainda realizar transações financeiras por você, sem que você se dê conta.

“A prevenção ainda é a melhor solução”, diz o advogado especialista em direito empresarial e do consumidor, Edgard Dolata. Mas, para se prevenir, é preciso conhecer os golpes mais comuns. Confira:

As fraudes de identidade mais comuns:

1- Abertura de conta bancária: com um documento de identidade que você perdeu, o golpista abre uma conta em um banco, utilizando-se de todos os tipos de produtos financeiros a ele disponibilizados, como cartões, cheques e empréstimos pré-aprovados, causando inúmeros prejuízos.

Previna-se: Mantenha-se atento a seus documentos. Em caso de roubo ou perda, faça um boletim de ocorrência na mesma hora.

Existem também dois serviços do SPC Brasil para ajudar o cidadão que perdeu seus documentos a prevenir fraudes. O SPC Alerta de Documentos e o SPC Avisa. Ao contratá-lo, o consumidor recebe informações sempre que seu nome for incluído, excluído ou alterado no banco de dados do SPC Brasil, seja por e-mail ou SMS.

2- Emissão de cartão de crédito: utilizando-se de documentos falsos ou roubados, os golpistas solicitam a emissão de um cartão de crédito aos bancos ou demais operadoras. Com isso, fazem uso dos limites disponíveis, deixando a conta para o CPF da vítima.

Em caso de roubo ou perda de documentos, é necessário registrar um boletim de ocorrência, que pode ser feito online mesmo.

3- Aquisição de bens com cartão de crédito: ao efetuar uma compra em um site inseguro, o consumidor acaba digitando seus dados do cartão de crédito, que são roubados e utilizados por criminosos para realização de novas transações.

Com compras online, todo cuidado é pouco. Não se cadastre em sites que não sejam de confiança e, sempre antes de efetuar uma compra, verifique se ele tem a verificação “https://” na barra de endereço do navegador. Ela indica que o endereço é seguro. Há também certificados que ativam um destaque ou a imagem de um cadeado na barra do navegador. Fique atento!

4- Solicitação de informações por meio de sites falsos, e-mails ou SMS: é comum sermos surpreendidos com solicitações de confirmação de informações por e-mails ou SMS. Jamais informe suas senhas, número de cartões ou dados pessoais por esses meios. Saiba que instituições financeiras não os solicitam.

Também não é indicado clicar em links que cheguem por e-mails de remetentes desconhecidos ou digitar seus dados em sites com erros de digitação, sem o logotipo da empresa ou que pareçam falsos.

Por fim, evite fazer qualquer tipo de transação financeira por meio de computadores públicos ou conectados em redes públicas de internet. Após utilizar esse tipo de conexão, finalize seus acessos no sistema, fazendo logout de suas contas.

5- Falsas financeiras: solicitar um empréstimo oferecido em anúncios de jornal, em panfletos na rua ou por telefone pode ser perigoso. Geralmente, as falsas financeiras oferecem facilidades demais ou pedem depósitos de garantia e, depois, somem, te deixando com o prejuízo ou roubando seus dados.

Por isso, desconfie de facilidades que fogem do padrão do mercado – e cheque no site do Banco Central se a financeira é cadastrada antes de assinar o contrato.

Saiba mais: conheça os principais golpes cibernéticos.

O que fazer se você foi vítima dessas fraudes?

Faça um boletim de ocorrência e, imediatamente, procure a empresa fornecedora do serviço (banco, cartão de crédito). Ela adotará as medidas necessárias para a reversão do problema. “Caso os danos não sejam solucionáveis administrativamente, você poderá solicitar ajuda do PROCON ou procurar o auxílio de um advogado para orientá-lo”, diz Dolata.

Fonte: Meu Bolso Feliz.